Destaques

Latest Post

TSE promete aplicação rigorosa da Ficha Limpa

Publicado por JOEL DE AQUINO | sábado, 15 de outubro de 2011 | 14:08

Agência Estado


O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ministro Ricardo Lewandowski, assegurou que a Justiça Eleitoral será mais rígida nas próximas eleições em relação à Lei da Ficha Limpa.

- Nós vamos atuar mais firmemente nas eleições municipais, porque no nosso entendimento a lei é constitucional e contribui para a moralização dos costumes políticos.

O ministro disse que é a favor de que a medida seja estendida para os ocupantes dos cargos de confiança no Executivo.

Lewandowski considera a legislação eleitoral antiquada para combater a corrupção, mas avalia que o recadastramento de eleitores para o voto biométrico e a aplicação efetiva da Lei da Ficha Limpa contribuirão para impedir a candidatura de corruptos.

- A Legislação é um tanto quanto antiquada, precisa de consolidação e de uma atualização, mas é uma legislação satisfatória. Do ponto de vista de controle técnico, os TREs têm acordo com a Receita Federal, com o Tribunal de Contas da União para fazer cruzamento de dados e detectar caixa 2 e doações irregulares de campanha.

O ministro defendeu a implantação do voto biométrico.

- A expectativa é de que até 2018 todo o país vote pela biometria, afirmou.

Nas eleições de 2012, 10 milhões vão votar em urnas biométricas. O número em 2010 foi de 1,1 milhão de eleitores. Segundo ele, quando o país todo fizer o cadastramento biométrico, não haverá mais nenhuma possibilidade de fraude ou equivoco na identificação do eleitor.

Lewandowski elogiou o trabalho do TRE do Piauí, que cassou 50 prefeitos e realizou 19 eleições suplementares até agora. Há ainda outras três marcadas para novembro.

- A avaliação é muito boa. Tivemos um grande número de prefeitos cassados, o que revela a firmeza da Justiça Eleitoral, como também do Ministério Público e da população, atenta para as irregularidades.

Taxas do Detran sobem até 300% em Mato Grosso


A Assembleia Legislativa aprovou e o governador Silval Barbosa (PMDB) sancionou esta semana aumentos que variam de 29% a 300% nos valores das taxas e serviços oferecidos pelo Departamento de Trânsito (Detran) em Mato Grosso.

A nova tabela, que entrará em vigor no dia 1º de janeiro de 2012, circulou na edição de ontem do Diário Oficial do Estado. Conforme os valores divulgados, o licenciamento de veículo salta de R$ 55,50 para R$ 100, por exemplo.

Já a remissão do certificado de propriedade do carro (CRLV), que seria uma opção para quem precisa de mais de uma via, uma forma de evitar que outra pessoa da família saia com o veículo sem o documento, por exemplo, passa de R$ 27 para R$ 83.

Já a reserva de placas, ou seja, a escolha dos números pelo proprietário do veículo, que atualmente custa R$ 69, a partir de janeiro será R$ 300. A tabela que traz os novos valores contém mais de 110 itens de serviços, todos reajustados.

Na semana passada o Detran deixou de atender a população em decorrência de problemas técnicos nos sistema de informática. E ainda este ano, por quase três meses, os consumidores deixaram ou foram atendidos precariamente em decorrência da greve deflagrada pelos servidores do órgão.

O diretor de Gestão Sistêmica do órgão, Carlos Alberto Santana, disse que o aumento autorizado para 2012 teve como critério a necessidade de reposição da inflação acumulada a partir de 2008, estimada em 29%, e o reequilíbrio dos valores de serviços que o Detran considera de luxo.

Vereadores e a falta de conhecimento

Publicado por JOEL DE AQUINO | sexta-feira, 14 de outubro de 2011 | 18:30

Leandro Nascimento é jornalista no Norte Araguaia.


Após 20 anos disputando para presidência da República, o petista Luís Inácio da Silva, que aderiu o Lula depois de ter ganhado o apelido pelos metalúrgicos colegas de profissão, ele passou a se chamar Luís Inácio Lula da Silva, e chegou ao governo em pleno século XIX, assumindo no ano de 2002, foi considerado o primeiro presidente semi-analfabeto.

Ledo engano, de analfabeto Lula não tinha nada, pois o mesmo após uma grande experiência, e estudando os inúmeros processos e Leis durante todo o tempo que tentou chegar ao poder, posso considerá-lo um doutor em política, mesmo não tendo um diplomo de tal.
Mas o assunto mais interessante que ressaltamos nessa matéria são os vereadores do Norte Araguaia, ou o Noroeste do Estado de Mato Grosso, a sua maioria são considerados semi-analfabetos, ou seja, apenas sabem assinar o nome e ler poucas letras. A diferença do semi-analfabeto dos nobres edis do Norte Araguaia para o de Lula, é que eles em momento algum buscaram aprender um pouco mais, se interagir com as Leis e realmente conhecer o que eles defendem e o que devem fazer para defender os direitos daqueles que os elegeram para o cargo político.

Como é difícil você ver uma pessoa que foi eleita para defender uma sociedade, e esta pegar o microfone e ficar ‘mordendo borracha’, falando algo que não conhece, falando de Leis que são totalmente desconhecidas por ele. Não estou aqui dizendo de palavras ditas de formas erradas, mas sim de comentários sem nexo e sem conhecimento mais aprofundado de caso.

Com isso nós percebemos o quanto a nossa sociedade do Norte Araguaia ainda não sabe exercer a sua cidadania, com esses vereadores, está refletido a dificuldade da população em eleger pessoas que realmente conhecem de Leis e que poderão defendê-las, e não apenas entrar ano e sair ano apenas na embromação, sendo “comprados” por algumas poucas palavras doces.

Está chegando 2012, mais uma vez será refeita as Câmaras de Vereadores, e será que a população mais uma vez irá colocar semi-analfabetos acomodados no Poder, ou darão espaço para os Inácios Lulas da Silvas e aos Fernandos Henrriques Cardosos?

Outro assunto pertinentemente novo é a PEC 20/08 que dá autonomia para aumento de números de vereadores em algumas cidades do país, aqui no Norte Araguaia, por exemplo, Confresa e Vila Rica terão 11 vereadores, ou seja, 02 a mais dos que existem na atualidade.

Já na cidade de Sinop o aumento requerido é de novas 06 cadeiras, ou seja, dos 11 hoje existentes passarão para 17. Na capital também serão mais 06 novas cadeiras em 2013, dos atuais 19 passará para 25 no próximo pleito.

Vejo nessa PEC 20/08 um grande desrespeito com a população. tem projetos bem mais importantes para serem tratados na Câmara Federal e no Senado que estão travados desde a década de 90, e outra aumentar vereadores apesar da PEC dizer que não, vai acarretar em mais dinheiro público sendo pago para manutenção da máquina. Enquanto o povo fica a mercê, com falta de educação, saúde, cidadania, infra-estrutura, entre outros investimentos que deveriam ser prioridades.

Mas aqui no Brasil os valores realmente são invertidos, o que é prioridade é levado com a barriga. Enquanto isso os tiriricas assumem e fazem uma verdadeira lambança na pátria chamada BRASIL.

Silval atende PT e anuncia Ságuas na Educação


O governador Silval Barbosa (PMDB) anuncia hoje mais uma mudança no secretariado ao confirmar a substituição da atual secretária estadual de Educação, Rosa Neide Sandes, pelo ex-deputado Ságuas Moraes, ambos do PT. A definição partiu após uma longa reunião ontem à tarde entre o peemedebista, o presidente regional do PT, William Sampaio, o ex-deputado estadual Alexandre Cesar e o próprio Ságuas.

Ao final do encontro, os petistas saíram satisfeitos. Porém, a uma viagem de Rosa Neide para o interior do Estado fez com que o governador pedisse que o anúncio oficial fosse feito hoje à tarde.

“O governador quer esperar a Rosa Neide chegar de viagem, daí vai vir aqui (Palácio Paiaguás) eu e ela para conversarmos com ele, mas já encaminhamos a nossa decisão e amanhã (hoje) à tarde fazemos o anúncio oficial”, disse Ságuas.

Desde a semana passada os petistas esperavam essa reunião com o governador do Estado para poder oficializar a substituição da titular da Pasta.

Esta será a terceira mudança este ano no secretariado do peemedebista, que nomeou José Lacerda como secretário-chefe da Casa Civil, após a ida de Eder Moraes para a extinta Agecopa, além do pedido de demissão de Alexsander, Maia da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema), que foi substituído por Vicente Falcão.

Desde o mandato do ex-governador Blairo Maggi (PR) o PT tem a indicação da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), que tem o maior número de servidores e do orçamento do governo do Estado. (Diário de Cuiabá)

Chacina de Matupá: mais 5 réus vão a julgamento na segunda-feira


Dando continuidade ao julgamento dos acusados de participação no crime que ficou conhecido como "Chacina de Matupá", o presidente do Conselho de Sentença, juiz da Comarca de Matupá, Tiago Souza Nogueira de Abreu, realiza a terceira sessão do Tribunal do Júri na segunda-feira (17), a partir das 8h. Nessa sessão vão a júri os réus Luiz Alberto Donin, Elo Eidt, Mario Nicolau Schorr, Faustino da Silva Rossi e Elywd Pereira da Silva.

Até agora oito acusados foram julgados. Na primeira sessão de julgamento, realizada no dia 4 de outubro, após 19 horas, os jurados absolveram os réus Santo Caioni e Alcindo Mayer, que se declararam inocentes. Apenas o acusado Valdemir Pereira Bueno, que admitiu ter jogado combustível nos assaltantes, foi condenado a oito anos de reclusão em regime inicialmente fechado.

Na segunda sessão, ocorrida dia 10 de outubro, após dez horas de julgamento, os réus Donizete Bento dos Santos, Gerson Luiz Turcatto, Paulo Cezar Turcatto, Mauro Pereira Bueno e Airton José de Andrade foram absolvidos.

No dia 24 serão julgados Antonio Pereira Sobrinho, Roberto Konrath, Enio Carlos Lacerda e José Antônio Correia. O processo do réu Arlindo Capitani foi desmembrado sob alegação de que ele não foi intimado para o júri popular, previsto para 4 de outubro. Ainda não há previsão para o julgamento dele.

O caso - A chacina no município de Matupá ocorreu em 23 de novembro de 1990. Na oportunidade, Ivacir Garcia dos Santos, 31, Arci Garcia dos Santos, 28, e Osvaldo José Bachinan, 32, após uma tentativa de assalto, teriam invadido uma residência e mantiveram duas mulheres reféns, por mais de 15 horas. A Polícia Militar foi acionada e os assaltantes se renderam. No entanto, eles foram capturados pelos populares, levados até a praça pública, espancados e queimados. A ação foi registrada por um cinegrafista e as imagens repercutiram em todo o mundo.

TRE reprova contas de campanha do Dep. federal Carlos Bezerra

Publicado por JOEL DE AQUINO | quinta-feira, 13 de outubro de 2011 | 20:03

Publicado em 13/10/2011 19h27min
Por Michely Figueiredo


O pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso, por maioria de três votos contra dois, desaprovou as contas de campanha do deputado federal eleito pelo PMDB, Carlos Bezerra. A decisão ocorreu na sessão plenária do dia 11 de outubro, com a apresentação do voto vista do juiz membro Sebastião de Arruda Almeida.


Sebastião Arruda e o juiz federal Pedro Francisco da Silva seguiram o mesmo entendimento trazido pelo relator do processo, juiz Jorge Luiz Tadeu Rodrigues, que apresentou sua decisão no sentido de reprovar o balanço do peemedebista. Votaram a favor da aprovação, com ressalvas, os juízes Samuel Franco Dalia Junior e o desembargador José Ferreira Leite.

A justificativa para a reprovação das contas está relacionada com o uso indiscriminado de saques de cheques na boca do caixa, conhecidos como “cheques guarda-chuva”.

Em seu voto-vista, Sebastião de Arruda lembrou que outras contas de candidatos que usaram desse recurso tiveram seu voto para aprovação com ressalvas devido às características da transação. “Lembro que em todas as contas que tiveram meu voto pela aprovação com ressalvas, os cheques eram sacados para pagamento de cabos eleitorais, devidamente identificados.

No caso das contas do deputado, os recursos foram usados indiscriminadamente, como o caso de um cheque sacado para pagamento de outros cheques emitidos sem provimento de fundos. Os recursos financeiros foram lançados sem a identificação correta dos beneficiários, que sequer vieram acompanhados dos contratos de prestação de serviços”, declarou o magistrado, justificando o voto trazido pelo Juiz Jorge Luiz Tadeu. (TRE-MT)

SERYS É PRÉ-CANDIDATA À PREFEITURA DA CAPITAL

“ TEMOS UMA MULHER NA PRESIDENCIA DA REPÚBLICA, QUE ESTA MOSTRANDO A COMPETÊNCIA E O COMPROMISSO FEMININO ”



A ex-senadora Serys Slhessarenko já apresentou oficialmente seu nome ao diretório municipal do PT como pré-candidata à prefeitura de Cuiabá. Com isso, o partido passa a contar com dois pré-candidatos ao cargo. O vereador Lúdio Cabral já havia colocado seu nome à disposição.

Em entrevista a um jornal da capital, Serys disse que se apresentou à disputa atendendo pedidos de membros do partido. Apesar de ponderar à situação e afirmar que muitas questões ainda precisam ser levadas em consideração para definir sua eventual participação na disputa, à ex-senadora já fala como candidata e avalia que o atual cenário político é favorável para uma candidatura feminina.

“Temos uma mulher na presidência da República que está mostrando a competência e o compromisso feminino. A mulher está chegando ao poder, mas tem que chegar muito mais”, declarou.

A direção do partido deverá se reunir com Serys para discutir o assunto na próxima semana, quando ela estará em Cuiabá.

O presidente do diretório municipal do PT, Vilson Aguiar, defende que o partido tenha candidatura própria à prefeitura da Capital, mas explica que é necessário seguir o que determina o regimento interno da sigla.

“Temos um calendário de encontros pré-definido e nessas ocasiões vamos discutir quais as táticas eleitorais que serão adotadas pelo partido”, disse.

Aguiar admite a possibilidade da realização de prévias para definir o candidato, mas Serys Slhessarenko é contra a ideia. Ela defende o estabelecimento de um acordo entre os candidatos para evitar mais desgastes no partido.

Nas eleições passadas, o PT realizou prévia para decidir entre a candidatura de Serys e de Carlos Abicalil ao Senado, mas o episódio gerou enorme desgaste à sigla, diante de denúncias de fraudes no processo. Abicalil acabou vencendo as prévias, tirando de Serys o direito de disputar a reeleição. Como consequência, o grupo da ex-senadora não apoiou a candidatura do correligionário.

Ao contrário de Serys, o vereador Lúdio Cabral se posicionou favorável a realização de prévias para decidir a questão

Câmara "anulará" aumento do número de vagas de vereadores


A câmara municipal vai revogar, na próxima segunda-feira, o decreto aprovado, semana passada, tornando sem efeito a decisão de aumentar 6 vagas de vereadores para a próxima próxima legislatura - 2013. A decisão foi tomada hoje. apuramos que já foram coletadas as assinaturas da maioria dos vereadores para ser confirmada a revogação, na próxima sessão ordinária. A câmara não seguiu os tramites legais para ampliar a composição de 11 para 17.

"Faltou sancionar a lei que altera a lei orgânica. Agora, vamos votar, em 2ª votação, a mudança lei orgânica estabelecendo novo número de vereadores. Depois, será votado o decreto fixando quantos vereadores teremos para 2013", explicou, há instantes, por telefone o presidente Remidio Kuntz (PSD), "Inicialmente, nos baseamos em informação da União das Câmaras Municipais de Mato Grosso (Ucmmat) que seria dia 7 passado o prazo final para votar aumento no número de vagas. Mas esta data não confere. Agora, com a revogação do decreto, teremos mais prazo para discutir melhor o assunto", acrescentou Remidio. "Particularmente, defendo que seja 17 vereadores. Sinop tem 120 mil habitantes e, atualmente, tem 11 vereadores. Há alguns anos atrás, quando havia 60 mil habitantes, Sinop chegou a ter 15 legisladores. Depois houve mudanças e diminuiu o número. Aumentando o número, também é mais gente em busca de recursos para Sinop e fiscalizando a prefeitura", completou.

A câmara recebeu, esta tarde, pedidos feitos por lojas maçônicas de Sinop, OAB, Câmara dos Dirigentes Lojistas, Associação Comercial e Empresarial (ACES), Associação dos Engenheiros ( AENOR), CUFA, pedindo realização de audiência pública para discutir, com representantes da sociedade, o aumento no número de vagas. "Queremos ouvir a câmara sobre o assunto e manifestar nossa opinião e apontar o melhor para a sociedade. Tem um artigo no regimento interno da câmara que prevê que as entidades civis requeiram realização de audiência pública", explicou a presidente Soraide Castro, ao Só Notícias. "Primeiro temos que ouvir a câmara municipal para depois emitir opinião", disse, referindo-se ao aumento no número de vagas. O pedido das entidades deve ser votado, na 2ª feira, na sessão ordinária.

O vereador Gilson de Oliveira (PSD) disse, ao Só Notícias, que defenderá aumento de 4 vagas e que a composição seja de 15. "17 é muita gente. Creio que 15 seja composição de bom tamanho. O orçamento da câmara fica preservado para atender todas as despesas. O repasse mensal feito para a câmara é fixo, é 6% da arrecadação da prefeitura. Hoje o duodécimo é de R$ 490 mil", expôs. Levantamento inicial aponta que seriam gastos cerca de R$ 480 mil a mais, por ano, com mais 6 vereadores.

Semana passada, na votação do decreto, foram contrários à criação de 6 vagas os vereadores Sergio Palmasola, Fernando Assunção e Ademir Bortoli.

(Atualizada às 17:17h)

AUMENTO DE VEREADORES EM COLIDER

“ CAMARA DE VEREADORES DE COLIDER PASSARÁ A TER 13 VERADORES ”


Os vereadores aprovaram, em 2º votação, a emenda á Lei Orgânica do Município, que sobe de 09 para 13 o número de vereadores em Colíder, a emenda foi aprovada por unanimidade nas duas votações.

A mudança leva em consideração o número de habitantes da cidade e segue a determinação da Proposta de Emenda Parlamentar (PEC) 20/08, que cria 24 faixas para o número de vereadores de acordo com a população dos municípios. Os municípios com até 15 mil habitantes passaram a ter nove vereadores, quantidade mínima, enquanto os municípios com mais de 8 milhões de moradores podem ter até 55 vereadores, número máximo. No caso de Rondonópolis, que está na faixa dos municípios com 160 a 300 mil habitantes, o número máximo de vereadores seria de 21.

Já em Sinop, entidades protocolam esta tarde, na câmara municipal, pedido para ser feita audiência pública visando discutir a decisão tomada, semana passada, de aumentar de 11 para 17 o número de vereadores. A intenção é debater com representantes da sociedade a criação de mais 6 vagas. A câmara de Sinop como a de Colíder está embasada na legislação que prevê aumentar numero de vereadores de acordo com o crescimento populacional. Sinop, conta hoje, 111 mil habitantes.

No documento elaborado e que vai ser entregue à presidente da Câmara Municipal de Sinop, "as lojas maçônicas requerem audiência para tratar do assunto" e "nosso interesse é contribuir com a democratização de assuntos relevantes e o desenvolvimento social e econômico de nosso município".

Em Sinop, está sendo feita mobilização para expor a contrariedade de algumas entidades com a decisão da maioria dos vereadores em aprovar a abertura de mais 6 vagas. Levantamento inicial aponta que a decisão representaria R$ 480 mil a mais de gastos por ano.

DEPUTADO DO NORTÃO DEFENDE CRIAÇÃO DA POLICIA DO PANTANAL

“ Deputado Dilmar defende a criação da Policia do Pantanal ”

Fonte: Assessoria


Reconhecido como a maior planície alagada do planeta e a terceira maior reserva ambiental do mundo, com mais de 135.000 km², onde residem milhares de espécie da fauna e flora brasileira, o pantanal mato-grossense sofre com as intervenções humanas, em especial a prática da pesca e da caça predatórias. Buscando alternativas para frear a degradação desse ecossistema, o deputado estadual Dilmar Dal"Bosco (DEM) apresentou projeto de lei criando a Polícia do Pantanal.

Subordinada ao comandante geral da Polícia Militar, essa corporação estará situada em local estratégico dentro da área do pantanal mato-grossense, tendo como atribuições o policiamento ostensivo de forma a preservação da fauna, flora, as extensões d’água e mananciais, atuando conjuntamente no combate a caça e a pesca ilegal”.

"Precisamos de uma policiamento específico para esse bioma, que respalde as ações dos fiscais da Sema, cujo efetivo é insuficiente para o monitoramento de todos os biomas existentes", argumentou o democrata.

Outra preocupação do parlamentar é com relação ao atendimento e a segurança dos turistas, cujo fluxo deverá ter aumento significativo, em função da Copa do Mundo. Neste tocante, o projeto define que a Polícia do Pantanal deverá atuar em situações que atentem contra o visitante, como acidentes em geral, a exemplo de roubos e afogamentos.

"Nossa escolha para sediar os jogos da copa deve-se, exclusivamente, ao pantanal, uma das mais exuberantes e diversificadas reservas naturais do planeta. Para a preservação desse ambiente, é necessário que haja uma fiscalização mais eficaz e permanente", defendeu Dilmar.
PATRIMONIO NATURAL DA HUMANIDADE - O Pantanal é um paraíso ecológico no coração do Brasil. Sua importância ambiental é imensa, pois abriga um dos mais ricos ecossistemas já encontrado até hoje, com florestas estacionais periodicamente alagadas.

Apresenta a maior concentração de fauna do neotrópico, incluindo várias espécies ameaçadas de extinção entre mamíferos, répteis e peixes -, além de servir como habitat para uma enorme variedade de aves, tanto nativas como provenientes de outras áreas das Américas. O Pantanal muda de cenário a cada estação, mas é sempre exuberante.

Estação das ÁGUAS (Dezembro a Março): as chuvas são intensas e parte do Pantanal fica submersa. A vegetação se revigora, faz muito calor durante o dia e os mamíferos são obrigados a refugiarem-se nas partes mais altas, conhecidas como cordilheiras, o que dificulta sua observação. Há predominância de aves, que começam a construir seus ninhos.

Estações de TRANSIÇÃO (Abril a Junho e Outubro a Novembro): em Abril, as chuvas param e o nível das águas começa a baixar formando lagoas e poças d"água, onde milhares de peixes ficam presos, servindo de banquete às aves aquáticas. Já em Outubro, inicia-se a estação da Primavera e com ela as chuvas e a floração do Pantanal, formando um espetáculo único.

Estação da SECA (Julho a Setembro): é o melhor período para a observação da vida selvagem. A falta de chuvas encolhe as lagoas, revelando a planície e facilitando o transporte por terra. Os campos começam a secar oferecendo vastas áreas para pastagem, onde os mamíferos buscam alimento e água nas poças d”água remanescente”. A partir de Agosto as árvores florescem e se intensifica a seca que se estende até outubro.

IRMÃO DE DEPUTADO PODERÁ SER CANDIDATO

TEMPOS ATRÁS O CANDIDATO A PREFEITO JOÃO GUEDES NÃO CONSEGUIU IMPLACAR SEU NETO NA CÂMARA DOS VEREADORES ”
A “famaliocracia” promete imperar nas eleições de 2012 em vários municípios de Mato Grosso. A prática recorrente das grandes oligarquias está sendo estendida por políticos emergentes, que a cada pleito tentam um mandato eletivo para um parente próximo.

No segundo mandato de deputado estadual, Nilson Santos (PMDB) poderá ter seu irmão Beto Santos, do mesmo partido, à Câmara Municipal de Colíder, localizada na região Norte do de Mato Grosso.

No município já ocorreu fatos idêntico, nas eleições de 1992 o então candidato a prefeito Nelson Guedes dividiu o palanque com seu irmão Roque Guedes e foi eleito vereador, outro fato idêntico aconteceu em 2010, quando o atual vice presidente da Câmara Municipal de Colíder, vereador Luiz Antônio Salgueiro do (PP) se elegeu, com 933 votos, dividindo o palanque com seu irmão, que estava na condição de candidato a vice prefeito, outro que esta procurando seu espaço é Clebil Marques, irmão do ex. deputado estadual e prefeito por Colider Jaime Marques. Clebil é possuidor de experiencia, pois auxiliou o irmão Jaime, em um cargo considerado fundamental para o bom andamento da adiministrção pública.

Beto Santos, já vem se movimentando no sentido de se aproximar do eleitorado, vem fazendo um trabalho voltado ao social, principalmente na aérea de saúde com encaminhamentos de pacientes para a capital mato-grossense, Beto é um dos irmãos mais velho do deputado e vem se tornando conhecido principalmente pelo uso do chapéu de couro, tipo de chapéu muito utilizado no norte e nordeste do Brasil, região de origem de toda a família.


Uma das oligarquias políticas mais conhecidas em Mato Grosso e há mais tempo no poder é família Campos. São décadas que se revezam entre o Governo do Estado, Prefeitura de Várzea Grande, além de mandatos legislativos.

Na última década o poder da família vem encolhendo, mesmo assim, ainda ocupam cargos importantes no Congresso Nacional. Os democratas Jayme Campos e Júlio Campos são senador e deputado federal, respectivamente. Além disso, dois primos deles são vereadores de Várzea Grande, Maninho de Barros e Chico Curvo, ambos do PSD.
Sem nomes de viabilidade eleitoral, Jayme Campos estuda lançar a esposa, Lucimar Sacre de Campos, para disputar a Prefeitura de Várzea Grande e, desta forma, manter a hegemonia da família.

Neste caso, uma eventual candidatura de Lucimar surge com dois fortes apelos, o primeiro pelo seu trabalho na área social, enquanto foi primeira-dama, e o segundo pela questão de gênero.
Em Cuiabá, o deputado estadual licenciado e secretário de Cultura, João Malheiros (PR), que já tem o primo Clovito Hugueney (PTB) vereador por Cuiabá, quer lançar o filho Justino Malheiros para vereador da Capital.

Já em Rondonópolis, o deputado Sebastião Resende (PR) tenta viabilizar a candidatura da sua esposa, Rosângela Resende. Até o momento, ela é sondada para compor a chapa majoritária como candidata a vice.

COM 22%, VEREADOR OSMAR SERAFINI É O MAIS REJEITADO COM COLIDER ”

Publicado por JOEL DE AQUINO | terça-feira, 11 de outubro de 2011 | 12:00


No quarto mandato, o vereador Osmar Serafim Rodrigues (DEM) é o nome mais rejeitado entre os pré-candidatos a prefeito de Colíder. Segundo pesquisa do instituto Mark, feita nos dias 3 e 4 deste mês em 24 bairros, 22% dos entrevistados disseram que não votariam em Osmar de jeito nenhum. A margem de erro é de 4% para menos ou para mais. Foram ouvidos 232 eleitores.

O empresário Alcindo Colombo registra 7,8% de rejeição. Ele aparece empatado tecnicamente na segunda colocação com Noboru Tomiyoshi (PSD), secretário municipal de Infraestrutura, que acumula 5,6%, mesmo índice dos que não votariam de jeito algum no vereador Luiz Salgueiro (PP).

A terceira colocação dos mais rejeitados como virtuais candidatos está embolada. Doutor Mauro figura com 3%, seguido pelo vice-prefeito Edson Salgueiro, o Polaco Leite (PP), que detém 0,9%, pela empresária Luciene Dimuriz (PMDB), que aparece com 0,4%, mesmo percentual dos que citaram o peemedebista Inácio da Agrosul. O empresário Ademir Crispim não tem rejeição.

VEJAM O TRABALHO DESENVOLVIDO PELA MARK PESQUISAS - NILSON SANTOS TEM LIDERANÇA ISOLADA


O deputado Nilson Santos (PMDB) venceria hoje todos os embates diretos à sucessão do prefeito de Colíder, Celso Paulo Banazeski (PSD). Num eventual duelo contra o vice-prefeito Edson Salgueiro, o Polaco Leiteiro (PP), o peemedebista levaria a melhor: 62,1% a 12,1%.

É o que revela a pesquisa de intenção de voto realizada pelo instituto Mark nos dias 3 e 4 deste mês em 24 bairros. A margem de erro é de 4% para mais ou para menos.

Num eventual confronto contra o vereador de quarto mandato Osmar Serafim Rodrigues (DEM), Nilson ganharia por 61,6% a 6,9% - quadro A . Ele também bateria o ex-prefeito Jaime Marques (DEM): 60,3% a 11,6% - cenário B. A diferença seria de 58,7 pontos percentuais se o duelo fosse contra o doutor Mauro: 62,1% a 3,4%.

Nilson impõe 60,4 pontos percentuais de vantagem sobre o empresário Alcindo Colombo: 63,4% a 3% - cenário E. Já num eventual duelo com o vereador Luiz Salgueiro (PP), o peemedebista venceria por 62,5% a 6,9% - quadro F. Da mesma forma, Nilson ganharia de lavada o virtual embate contra o secretário de Infraestrutura de Colíder, Noboru Tomiyoshi: 62,5% a 3%.

O empresário peemedebista Inácio da Agrosul também amargaria derrota numa eventual disputa contra o deputado, por 63,4% a 3,4% - quadro H. A candidata derrotada à vice-prefeita em 2008, Luciene Dimuriz, na chapa encabeçada por Eldir Oliveira dos Santos, ambos do PMDB, perderia por 62,5% a 3,4% para Nilson.

Na virtual disputa contra o empresário Ademir Crispim, Nilson asseguraria a vitória por 62,9% a 2,6%.

Deputado lidera com 53% em Colíder; vice-prefeito detém 9%

O deputado de segundo mandato Nilson Santos (PMDB) é o líder isolado nas intenções de voto para prefeito de Colíder, com 53%. O vice-prefeito Edson Salgueiro, o Polaco Leiteiro (PP), vem em segundo lugar e bastante distanciado, com 9,1%. Nilson segue livre principalmente porque o prefeito Celso Banazeski está no segundo mandato e fica impedido de tentar novo mandato consecutivo.

Os dados são da pesquisa estimulada feita entre 3 e 4 deste mês pelo instituto Mark, em parceria com o RDNews. A margem de erro é de 4% para mais ou para menos.

Nesta amostragem, os pesquisadores apresentam uma lista com cinco possíveis candidatos à sucessão municipal. Enquanto o peemedebista impõe uma frente ampla, Polaco, com 9,1%, fica empatado tecnicamente com o vereador de quarto mandato Osmar Serafim Rodrigues (DEM). O democrata detém 8,6% da preferência, mesmo percentual obtido pelo ex-prefeito por dois mandatos consecutivos Jaime Marques (DEM). Na última colocação vem doutor Mauro, citado por 1,3%. Os indecisos somam 16,8%. Não souberam responder 2,6%.

Foram ouvidos 232 moradores de Colíder de 24 bairros. Dos entrevistados, 92,2% moram na zona urbana e, 7,8%, na rural. São homens 56,9% e, mulheres, 43,1%. Em relação à idade, 3,9% têm entre 16 e 17 anos; 12,5% de 18 a 24; 26,7% entre 25 e 34; 20,7% de 35 a 44; 20,3% entre 45 e 59; e 15,9% mais de 60 anos.

Sobre o grau de escolaridade, 11,6% dos entrevistados responderam ser analfabetos e/ou possuir o primário imcompleto; 37,9% concluíram o primário e/ou têm o primeiro grau incompleto; 15,5% cursaram todas as séries do primeiro grau e/ou não encerraram o segundo incompleto; 28% concluíram o segundo grau e/ou não terminaram a faculdade; 6,9% possuem o ensino superior completo.

Quanto à renda, 5,6% recebem até um salário mínimo; 66,4% de um a cinco; 17,2% entre cinco e 10; 8,6% de 10 a 20; 2,2% mais de 20 salários.

Peemedebista é o 1º também na espontânea; Jaime divide 2º lugar



O líder da bancada do PMDB na Assembleia, deputado Nilson Santos, é o preferido dos eleitores de Colíder à sucessão de Celso Paulo Banazeski, que deixou o PR e se filiou ao PSD. Na pesquisa espontânea do instituto Mark, o peemedebista figura com 28,4%. A amostragem foi feita nos dias 3 e 4 deste mês. A margem de erro é de 4% para mais ou para menos.

A segunda colocação está embaralhada, com empate técnico entre o vereador Osmar Serafim Rodrigues, embora com 9,1%, enquanto o vice-prefeito Edson Salgueiro, o Polaco Leiteiro (PP), e o ex-prefeito Jaime Marques (DEM) são citados por 5,6%.

Com 0,9% aparece a peemedebista Luciene Dimuriz, derrotada à vice-prefeita em 2008, o preferito reeleito Celso Banazeski, que não pode mais se candidatar, Noboru Tomiyoshi (PSD), secretário municipal de Infraestrutura, o empresário Alcindo Colombo, e o vereador Luiz Salgueiro (PP).

Outros quatro nomes foram lembrados pelos eleitores, com 0,4% cada, sendoi eles doutor Mauro, Lica e os empresários Ademir Crispim e Inácio da Agrosul (PMDB).

Nesta pesquisa espontânea, o entrevistado cita o nome de preferência sem auxílio de uma listagem. A um ano das eleições, o percentual de indecisos chega a 44,8%. Pesquisadores do instituto Mark fizeram o trabalho de campo em 24 bairros. Ouviram 232 eleitores, sendo 56,9% homens e, 43,1%, mulheres.

Parlamentar bateria hoje qualquer concorrente, revela pesquisa Mark

Em todos os cenários com os possíveis candidatos a prefeito de Colíder, uma das cidades-pólos do Nortão, o ex-vereador por dois mandatos e deputado estadual Nilson Santos impõe ampla vantagem, aponta pesquisa do instituto Mark, realizada nos últimos dias 3 e 4 com 232 entrevistas em 24 bairros.

No geral, ficam em segundo lugar o vereador de quarto mandato Osmar Serafim Rodrigues e o ex-prefeito por dois mandatos Jaime Marques, ambos do DEM.

A margem de erro é de 4% para mais ou para menos. Num cenário com cinco virtuais candidatos, Nilson Santos lidera com 54,7%. Jaime (10,3%) e Osmar (9,1%) figuram empatados tecnicamente na segunda colocação. Em terceiro, também estão empatados o vereador Luiz Salgueiro (PP), com 3,4%, e o empresário Alcindo Colombo, citado por 1,7%. Os indecisos somam 18,1%. Outros 2,6% anulariam o voto.

O secretário de Infraestrutura de Colíder, Noboru Tomiyoshi, é o lanterna, com 0,9%, num cenário em que teria como adversários Nilson, Jaime, Osmar, Luiz Salgueiro e Colombo – quadro 2. Noboru ingressou no PSD para seguir os passos do prefeito Celso Banazeski, presidente da executiva provisória da nova legenda no município.

Quando a virtual disputa inclui o vice-prefeito Edson Salgueiro, o Polaco Leite (PP), Jaime (8,6%) e Osmar (8,2%) registram ligeira oscilação para baixo, mas asseguram a segunda colocação com empate técnico com Polaco (9,1%) - quadro 3. Num cenário em que disputa com Jaime, Luiz Salgueiro, Norobu e Colombo, Nilson mantém dianteira (56,9%) - quadro 4. O deputado também lidera, com 55,2%, numa hipotética disputa com Polaco (9,9%), Osmar (9,9%), Luiz Salgueiro (1,7%) e doutor Mauro (1,3%)
.
Sem Nilson no páreo e com cinco pré-candidatos, Jaime (18,5%) e Polaco (15,5%) ficam no empate técnico pela primeira colocação. Como a margem de erro é de 4% para mais ou para menos, a segunda posição também é dividida por Polaco, Osmar (12,5%) e o empresário peemedebista Inácio da Agrosul - quadro 6. Quando Nilson e Polaco não são incluídos na simulação, Jaime (18,5%) e Osmar (15,1%) dividem a primeira colocação.

A candidata derrotada à vice-prefeita em 2008, Luciene Dimuriz, na chapa encabeçada por Eldir Oliveira dos Santos, ambos do PMDB, tem 1,7% numa eventual disputa contra Polaco (15,9%), Jaime (15,5%), Osmar (14,7%).

VEJAM MATÉRIA ESPORTIVA DE UM SITE DE MATUPÁ

Publicado por JOEL DE AQUINO | segunda-feira, 10 de outubro de 2011 | 13:34

“ MATUPÁ DA UM “CHOCOLATE” EM COLIDER E FICA PERTO DA CLASSIFICAÇÃO ”

A MATÉRIA RELATA... MESMO COM “APOIO” DA TORCIDA.MAS A VERDADE É OUTRA, POIS OS TORCEDORES COLIDENSSE NÃO TEM COMPARECIDO NO ESTÁDIO MUNICIPAL, “PORQUE SERÁ” ?


Foram 07 os gols marcados por Matupá na goleada contra Colíder no Campeonato Estadual Amador de Futebol de Campo. O time de Colíder jogou em casa e mesmo com apoio da torcida não conseguiu parar o selecionado matupaense que vem embalado na competição.

Matupá começou o jogo com um gol de Edvaldo, ele mesmo marcou o segundo e ainda deu tempo de Gilson fazer mais um para o primeiro tempo terminar em 3x0.
No segundo tempo de jogo Matupá entrou em campo para fazer jogadas criativas e terminar a festa, pois já estava com 3 gols e Colíder tinha dificuldades para desenvolver a troca de passes. Adrianinho fez o 4º, Emerson fez o 5º, Edinho fez o 6º e Rubinho fechou a goleada de 7x0.

Em conversa com o técnico Divanei Petini ele disse que o time está motivado e unido, os atletas estão acertando as jogadas que foram ensaiadas durante os treinamentos e o desafio agora será ir até a cidade de Nova Bandeirante e trazer a classificação.

Matupá está praticamente classificado com 7 pontos, Colíder tem 1 ponto e Nova Bandeirantes 0. Matupá só depende de um empate contra Nova Bandeirantes no dia 16, ou se Colíder perder neste domingo Matupá terá a classificação antecipada.

DEPUTADO NILSON SANTOS SERÁ MESMO O CANDIDATO A PREFEITO EM COLIDER

“ PMDB INICIA ARTICULAÇÃO NAS PRINCIPAIS CIDADES DE MT ”


A cúpula do PMDB, já fala abertamente sobre a candidatura a prefeito nas principais cidades de Mato Grosso, em Colíder, havia comentários que o deputado Nilson Santos poderia não ser o candidato a prefeito. Mas o presidente regional do partido, deputado federal Carlos Bezerra que é um defensor ferrenho de Nilson dificilmente abrirá mão da candidatura do deputado aqui em Colíder.



Liderado pelo governador Silval Barbosa e pelo presidente do diretório estadual do partido, deputado federal Carlos Bezerra, o PMDB já deu início a articulações para lançar candidatura própria nas principais cidades de Mato Grosso.

Em Cuiabá, o principal nome trabalhado pela sigla é do empresário João Dorileo Leal. Apesar de Dorileo ainda não ter confirmado que irá participar na disputa, Carlos Bezerra afirma que diversos partidos políticos já garantiram apoio a sua candidatura. Até mesmo o deputado estadual Sérgio Ricardo já teria declarado apoio a Dorileo, segundo o cacique peemedebista. O parlamentar é o nome mais cotado pelo Partido da República para a disputa.

Em Várzea Grande, o PMDB promete surpresas. Além dos pré-candidatos que já se apresentaram como o deputado estadual Wallace Guimarães, o secretário de Estado de Cidades, Nico Baracat, o empresário Allan Zanatta e o médico Jorge Lafetá, o partido “guarda na manga” aquele que pode ser o principal nome para a disputa.

Carlos Bezerra não adiantou o nome do provável candidato, mas disse que se trata de um alto funcionário do Estado que já anunciou interesse em se candidatar à prefeitura do município.

Em Barra do Garças, o PMDB estuda lançar candidatura do ex-deputado estadual Adalto de Freitas. Em Colíder, do deputado Nilson Santos e em Alta Floresta, do médico Aziel Bezerra. Devem disputar a reeleição os atuais prefeitos de Sorriso, Chicão Bedin e de Sinop, Juarez Costa. Em Cáceres, o candidato pode ser o diretor da Unemat, Adriano Silva e em Jaciara, o presidente da Câmara Municipal, Adilson Costa França, que deixou o PR para se filiar à sigla.

CASA DE VEREADOR É ASSALTADA

“ O VEREADOR MANINHO, É FILHO DO EX. CONSELHEIRO BRANCO DE BARRO, FOI TAMBEM PRESIDENTE DO OPERÁRIO DE VARZEA GRANDE ”


Três homens armados invadiram na noite do último domingo (09) a casa do vereador e presidente da Câmara de Várzea Grande, Maninho de Barros. O bando rendeu à esposa do vereador Cláudia Barros, a filha do casal e babá. Eles levaram: um carro Fiat Strada, celulares, um notebook, joias, uma TV de 42 polegadas e R$ 1 mil, em dinheiro.

Até o momento apenas o carro foi recuperado pouco tempo depois, no bairro Cohab São Marcos, na Cidade Industrial. A residência do localizada na Rua Manaus, no bairro Nova Várzea Grande.

Antes de fugirem do local, os assaltantes forçaram a Cláudia Barros a ligar para o vereador, avisando que a residência estava sendo assaltada.
A PM fez rondas pela região, mas não conseguiu localizar os suspeitos do assalto.

PDT, DIFICILMANTE COLIGARÁ COM PSD E PMDB


Pedro Taques entende que a coerência partidária só será possível se mantiver distância tanto de Dorileo, que se filou ao PMDB do governador Silval Barbosa coma intenção de ser candidato a prefeito da Capital, quanto de Riva, principal “estrela” da nova agremiação


O Partido Democrático Trabalhista (PDT), comandado em Colíder pelo advogado Eduardo Polidório e que tem em suas fileiras o vereador Ricardo Caldeira (LIKA), o Doutor Sergio Ribeiro, Zé Luiz e o Idelfonso de Oliveira e outros, poderá ter problemas nas eleições do ano que vem no que se refere a coligações.

É que o senador Pedro Taques, que comanda o PDT no Estado, vai baixar espécie de portaria acerca de regras para as eleições municipais do próximo ano, proibindo alianças com o PSD do deputado José Riva e com o PMDB do empresário João Dorileo Leal. Essa foi à estratégia encontrada pelo ex. procurador da República para sustentar o discurso da coerência. Ele tem dito aos filiados que ficaria muito ruim para o PDT fazer composição com siglas que têm dirigentes com perfis questionados. Nesse caso, o partido se vê impedido de ampliar as composições nos municípios. Para ter ideia, PSD e PMDB, vetados por Taques, comandam hoje juntos 68 prefeituras, sendo 50 controladas pela nova legenda.

O senador poderá estender essa portaria digamos assim, a todo o Estado, se isso ocorrer, a situação do vereador Lika, poderá ficar ainda mais delicada, pois ele abandou o DEM, sigla a qual esteve ligada por muito tempo e ocupava o cargo de delegado, além disso, mudou a trajetória politica de alguns pré-candidatos que vislumbrava estarem no mesmo palanque do deputado Nilson Santos, é lógico que até ter uma definição final, muita agua irá passar debaixo da Ponte. VAMOS AGUARDAR NOVOS DESFECHOS